Sindjus-DF se reúne com SG do CJF buscando resolver injustiça com os Artífices

No final de fevereiro, o Sindjus-DF se reuniu com a Coordenadora de Gestão de Pessoas do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), Rosa Casado, buscando resolver a situação dos Artífices que ficaram fora do reenquadramento da função.

Rosa Casado, na oportunidade, informou que de todos os Tribunais Superiores oficiados para informar o quantitativo de pessoal que se enquadra nessa situação, apenas o Conselho da Justiça Federal não havia respondido e que dependia dessa informação para finalizar a montagem do processo que será enviado para apreciação do plenário.

Dando prosseguimento a essa luta em prol dos Artífices, nesta segunda-feira (18/03), o coordenador de Assuntos Jurídicos do Sindjus-DF, Cledo Vieira, esteve reunido com a secretária-geral do CJF, a juíza Simone Fernandes.

O dirigente explicou detalhadamente a conjuntura envolvendo os Artífices e enfatizou a importância de o CJF fornecer as informações necessárias ao CSJT, que visa solucionar essa problemática por meio de um processo legislativo. Frisou ainda é de interesse do Sindjus-DF e da Fenajufe que essa injustiça com os auxiliares seja resolvida por meio dessa iniciativa do CSJT, de modo que a colaboração do CJF é importantíssima neste momento.

O Sindjus-DF apresentou ofício solicitando o levantamento de todos auxiliares ativos e inativos do cinco TRFs e do CJF.

O Conselho da Justiça Federal, segundo garantiu a juíza Simone Fernandes, vai responder a esse levantamento o mais rápido possível.

“O Sindjus-DF e os auxiliares do Distrito Federal estão trabalhando nesse reenquadramento para que todos os auxiliares sejam beneficiados. Quero lembrar aos colegas auxiliares que também partiu da Justiça do Trabalho a iniciativa do antigo reenquadramento – Lei 11.416/06 – que atingiu quase 700 auxiliares de todo o País. Continuaremos trabalhando” – afirmou o coordenador Cledo Vieira.

 

 

🔥189 Total de Visualizações