Plano de carreira: STJ/CJF e TRF/JF inauguram debates

O Sindjus iniciou, hoje, o calendário de debates sobre o novo plano de carreira do Judiciário, as reuniões foram realizadas no STJ e no TRF/JF. Os servidores participaram ativamente das discussões com sugestões e propostas, que vão ajudar o Sindicato na formulação do novo plano de carreira. “Pretendemos discutir com a categoria para formularmos, com propostas e sugestões, nosso plano de carreira. Temos que fazer isso com urgência, pois nossa última parcela será em dezembro e não podemos esperar”, ressalta o coordenador-geral Roberto Policarpo.

A secretária de Recursos Humanos do STJ, Kátia Bessa, ressaltou a importância da discussão sobre o plano de carreira entre os servidores. “Acho oportuna a discussão do plano de carreira, será mais um espaço que se abre para reflexões sobre vários pontos e o momento certo para que o servidor mostre que tem atitude”, afirma.

O representante do TRF, Antônio Humberto de Sousa Brito, secretário de Administração do órgão, diz ser importante a iniciativa do Sindjus de promover reuniões nos tribunais para discussão do plano de carreira. “Acho essencial a iniciativa do Sindjus de alongar e encaminhas as discussões, isso ajudará o servidor a entender a formulação do plano de carreira”, explica.

As discussões e o debates, nos dois órgãos, foram em torno de temas como: a preocupação com salários, terceirização e novas formas de solução, anseios da categoria, jornada de trabalho de seis horas, definição de atribuições e definição de critérios para ocupação de FCs e CJs.

Para a técnica judiciária do STJ, Valéria Aparecida Soares de Almeida, “o debate promovido pelo Sindjus é interessante porque permite a interação dos servidores com o Sindicato. Acho que todos os servidores devem participar ativamente com propostas e sugestões”, diz.

O técnico judiciário do TRF, Geraldo Magela, adorou a iniciativa do Sindicato e participou ativamente do debate. “Muito boa essa reunião, o Sindicato mostra cada vez mais interesse em ajudar os servidores. Mas isso não é possível sem a participação ativa dos servidores”, ressalta.

Após os debates foram formados grupos de trabalhos, com cinco servidores. Este grupo tem o objetivo de coletar todas as propostas apresentadas pelos servidores durante as reuniões e apresentá-las ao Sindicato no próximo dia 27. A idéia é reunir todos os grupos, que serão formados em todos os órgãos do judiciário, para fechar uma proposta de Brasília, que será apresentada na reunião da Fenajufe, realizada nos dias 30 e 31 de agosto.

Acompanhe nosso calendário de reuniões:

15/08 – STF, às 14h, Pleno do CNJ
15/08 – STM, às 17h, Auditório

🔥8 Total de Visualizações