TST e TRT discutem plano de carreira

Os seminários que aconteceram ontem (dia 20) no TST e o TRT reuniram cerca de 130 servidores que participaram ativamente da palestra ministrada pelo coordenador-geral do Sindicato, Roberto Policarpo. Também estiveram presentes os diretores Cledo Oliveira, Sheila Tinoco, Jailton Mangueira e Newton Brum.

O diretor-geral do TST, Alexandre de Jesus, parabenizou a iniciativa do Sindicato, que para ele, conduz de forma perfeita o trabalho de elaboração de um novo plano de carreira, trabalhando em prol dos servidores. “Essa ação de discutir antecipadamente com os servidores é muito importante. A intenção do Tribunal é dar aos servidores o melhor ambiente de trabalho possível. Mas para isso, precisamos da ajuda do Sindicato para formular um plano de carreira”, ressalta.

O Sindicato trouxe alguns temas para reflexão e discussão entre os servidores: a terceirização, a crescente informatização, a transitoriedade das funções dos servidores, subsídio, jornada de trabalho de seis horas. “Levantamos essas questões para chamar a atenção dos servidores e decidirmos o melhor caminho a ser seguido”, afirma Roberto Policarpo. Logo após a explicação e apresentação do Sindicato as dúvidas dos servidores foram esclarecidas em um grande debate.

Para a servidora aposentada e delegada sindical do TST, Diozíria Felismino Ribeiro, “o Sindicato age, trazendo a discussão para o servidor, que por sua vez reage às provocações e briga por seus interesses. Temos que lutar pela nossa causa, sem o Sindicato ninguém vai para frente”, diz.

A técnica judiciária, Nonita Aparecida Leite ressaltou a importância da reunião para formulação de um plano de carreira. “Essa reunião foi muito importante para tirar as dúvidas dos servidores a cerca de questões necessárias a elaboração de um novo plano de carreira. A presença do diretor-geral também foi essencial para um debate democrático e sincero”, afirma.

“Informo aos servidores que estamos empenhados para conseguir um avanço no plano de carreira. Vejo que o interesse é grande, nosso auditório ficou pequeno para tantos servidores. Precisamos de um plano de carreira motivador para manter os servidores no Judiciário. Vamos defendê-lo com unhas e dentes no Congresso Nacional”, conclui o diretor-geral do TST Alexandre de Jesus.

“A reunião trouxe a oportunidade aos servidores de conhecer o Plano de Carreira e se integrar, sabemos muito pouco sobre os reais benefícios, então acho louvável que o Sindicato tenha trazido essa palestra para tirar nossas dúvidas e nos dar acesso as informações para que possamos participar ativamente da formulação do novo PC”, afirma a analista judiciária do TRT, Mirian de Queiroz Benchinol Lopes de Araújo.

“Temos que lutar e deixarmos de ter medo”, ressalta o técnico judiciário do TRT, César da Silva Aguiar.

A reunião também teve o objetivo de formar grupos de trabalho, um em cada órgão, para reunir todas as propostas apresentadas e discutidas nas reuniões e apresenta-las ao Sindicato no próximo dia 27, às 14h, no hotel Phenica Bittar Hotel, SHS Q. 5, Bl J.

🔥12 Total de Visualizações