Restabelecida jornada de 35 horas no MPU

Os servidores do MPU podem comemorar mais uma vitória “7h no MPU – produtividade com justiça”. Depois de ações judiciais, paralisações, assembléias e manifestações os servidores do MPU vão ter restabelecida sua jornada de 35 horas semanais. Depois de quase dois anos de luta, o Conselho de Assessoramento Superior do MPU se rendeu aos argumentos e reconsiderou a decisão das 40 horas, reduzindo a jornada para 7 horas diárias.

Se tudo sair conforme esperado, o procurador-geral da República, Antônio Fernando, deve regulamentar a portaria regulamentando a nova jornada de trabalho ainda esta semana. A portaria determinará que a jornada de 35 horas entre em vigor a partir do primeiro dia de outubro. Ou seja, falta muito pouco para os servidores cumprirem 7 horas diárias e poder voltar à rotina que tinham antes da desastrosa portaria 707/2006, que causou profundas mudanças no cotidiano dos servidores.

Para o coordenador-geral do Sindjus, Roberto Policarpo, essa conquista é histórica para a categoria. “Só quem acompanhou de perto a nossa luta pela redução da jornada sabe o quanto nós nos esforçamos por esse conquista. Foi uma luta longa e árdua, mas o resultado desta batalha prova que a reivindicação dos servidores, que não foram ouvidos em momento algum, prevaleceu. Desta forma, começamos com o pé direito a luta por um Plano de Carreira decente para quem trabalha no MPU. Com esta nova jornada de trabalho, inicia-se uma abertura para a valorização dos servidores de carreira, elevando a qualidade de vida e criando instrumentos de fixação do quadro”.

🔥13 Total de Visualizações