Servidores do MPDFT mostram interesse na carreira

“A revisão do nosso plano de carreira se torna urgente porque atualmente o órgão em que trabalhamos se tornou um emissor de servidores. A carreira não é tão atrativa”, afirma o analista pericial, na área de arquitetura, Sérgio Ramalho. O Analista foi um dos 30 servidores que participaram nessa quinta-feira (25) do debate sobre carreira promovido pelo Sindjus no MPDFT.

Participaram ainda, os coordenadores do Sindjus Roberto Policarpo, Ana Paula Cusinato, Cledo de Oliveira Vieira e Valdir Nunes. A categoria se mostrou preocupada e interessada na discussão sobre o novo plano de carreira. Durante o encontro, Roberto Policarpo ressaltou a importância da participação dos servidores na construção e elaboração das propostas para o plano de carreira. “Precisamos da ajuda de vocês, por isso promovemos debates e discussões a respeito do plano de carreira para conhecermos os anseios e expectativas da categoria. Ainda não temos uma proposta fechada, e com o tempo cada vez mais curto, precisamos ouvir todos e delinear os pontos principais”, afirma.

Os pontos discutidos durante a reunião foram: subsídio, como forma de pagamento; o combate a terceirização, Adicional de Qualificação e o reajuste da remuneração. “Adorei a discussão, não conhecia os pontos relacionados ao plano de carreira, me surpreendi com a quantidade de informações. Mas agora tenho mais consciência sobre o que esta ocorrendo com a minha categoria”, diz a técnica administrativa do MPDFT, Patrícia Vieira de Carvalho Fernandes.

“Queremos somar esforços para construir um plano de carreira completo e essencial a categoria”, conclui Roberto Policarpo. Ao final da reunião foi formado grupo de trabalho para auxiliar o Sindicato no desenvolvimento das propostas e sugestões ao novo plano de carreira. O novo grupo de trabalho se juntará aos outros grupos formados nos órgãos do Judiciário e do MPU.

🔥15 Total de Visualizações