Filiado do Sindjus ganha página no Correio Braziliense

A honestidade é um dos princípios do Código de Conduta Ética do Servidor Público, e foi fielmente obedecido pelo técnico administrativo do TRT, Edson Rodrigues da Costa, filiado do Sindjus desde 1990.

Houve um tempo em que boa parte do debate político no Brasil era feito em termos da honestidade e integridade versus desonestidade e falta de princípios dos homens públicos. Agora, o tema parece voltar à tona, depois de ter, aparentemente, “saído de moda” por muitos anos. Com um ato de cidadania e exemplo para todos os servidores, Edson da Costa conseguiu devolver a alegria e a tranqüilidade ao motorista Sebastião Alves Ferreira, após guardar por um ano, um mês e um dia a sua carteira, com documentos pessoais e uma quantia de R$ 330.

Neste caso a honestidade foi sinônimo de heroísmo, depois de muita procura e desencontros, Edson conseguiu realizar o desejo de devolver o objeto ao dono depois de muitas buscas e procuras. “Encontrei a carteira e jamais pensei em ficar com o dinheiro, só queria devolvê-la ao dono, que provavelmente estava desesperado”, explica.

Neste sábado (6), finalmente a busca chegou ao fim, Edson solicitou ajuda a um amigo professor policial civil, que encontrou Sebastião e marcou o tão esperado encontro. Sebastião estava tão emocionado que nem tinha palavras para agradecer a Edson. “Precisamos pegar esse exemplo”, ressaltou Sebastião. Com a carteira intacta e seus documentos de volta, Sebastião só tem uma preocupação, encontrar um novo destino para o dinheiro, considerado perdido.

🔥16 Total de Visualizações