Juízes criticam escolha de integrantes dos tribunais

A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) já deu o pontapé na ofensiva para tentar forçar uma mudança na forma como os integrantes dos tribunais brasileiros, sobretudo os das cortes superiores, são escolhidos.

Uma pesquisa feita pela AMB revela que 90% dos juízes ouvidos são contra a forma de acesso aos tribunais superiores. De acordo com o levantamento, feito a pedido do Correio, quase 72% dos magistrados também não concordam com o processo de escolha dos ministros de Tribunais Regionais Federais (TRFs) e Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs). E mais de 90% discordam da reserva de vagas em tribunais para advogados e membros do Ministério Público.

Esses critérios são estabelecidos pela Constituição Federal. A AMB sustenta que há uma intervenção indevida do Executivo, que faz indicações para preencher algumas vagas em tribunais brasileiros. E que critérios políticos pesam mais que conhecimentos técnicos no processo de escolha. A Associação vai discutir o assunto na semana que vem, em seminário em Brasília.

Reportagem de Mirella D’Elia para o Correio Braziliense (3/05/2009)

🔥6 Total de Visualizações