Dia Nacional de Luta Antimanicomial

Hoje (dia 18) de maio é o Dia Nacional da Luta Antimanicomial, que completa 22 anos em 2009. Durante esse período os profissionais envolvidos inauguraram um novo compromisso em busca da Reforma dos modelos, das práticas e da política de atenção à saúde mental no país. E ainda, lutam pela efetivação da reforma psiquiátrica no Brasil, para garantir que a saúde mental seja tratada com cuidado e liberdade.

Em todo o País terão atividades, ações e atos públicos para reforçar a idéia de que a participação da sociedade civil e de movimentos sociais podem contribuir para a promoção da inclusão.

A Lei 10.216/2001 assegura às pessoas acometidas de transtornos mentais a proteção a qualquer forma de discriminação e redireciona o modelo assistencial em saúde mental. “Nós só queremos garantir a aplicação do que está expresso na Constituição Federal. Há muitos problemas no processo de inclusão no Distrito Federal. Temos que rever a situação das pessoas portadoras de transtornos mentais aqui e tentar ajuda-las”, afirma o coordenador-geral do Sindjus, Roberto Policarpo.

Em Brasília, o UniCEUB e outras entidades da sociedade civil irão promover atividades para conscientizar alunos e os cidadãos sobre a importância da inclusão de pessoas portadoras de transtornos mentais.

Direitos de cidadania e convivência social aos portadores de transtornos mentais: estes são os principais temas que movem a luta anitmanicomial no Brasil.

🔥30 Total de Visualizações