TRT dispensa servidoras gestantes até dia 31 de agosto

Mais um Tribunal liberou servidoras gestantes por causa do vírus Influenza A (H1N1). Além do STF, STJ, TJDFT, Ministério Público da União o TRT aderiu a campanha iniciada pelo Sindjus, que enviou requerimento a todos os órgãos do Judiciário e do MPU pedindo a liberação das servidoras gestantes por representarem grupo de risco. A liberação das servidoras grávidas seria somente uma das medidas solicitadas pelo Sindjus, que pediu ainda a adoção de medidas preventivas ao vírus H1N1, como a disponibilizarão de álcool gel. As servidoras gestantes do TRT estão liberadas, sem prejuízo de remuneração, até o dia 31 de agosto.

🔥14 Total de Visualizações