Artista plástica traz Rio e Brasília em luz e cores ao STJ

Uma explosão de cores traz o Rio de Janeiro para a capital federal. É a exposição “Rio que te tenho meu, Brasília que te quero minha”, da artista plástica Isabela Francisco, que estará em exposição nesta terça-feira, dia 27, até novembro no Espaço Cultural STJ.

São telas de grandes dimensões, nas quais convivem em harmonia a tranquilidade do branco e a explosão de cores, a luz e a sombra, o figurativo e o abstrato e o geométrico.

A artista plástica explica o seu trabalho como uma mostra de amor à Cidade Maravilhosa. Segundo Oscar Niemeyer, os trabalhos de Isabela “são composições em relevo simples e brancas, bonitas, transmitindo aos ambientes em que estão expostas um pouco da serenidade que a vida moderna reclama”.

“A topografia do Rio é impar e completamente envolvente, portanto, quanto mais eu a destaco, mais quero retratá-la”, explica a artista. Dessa forma, seu trabalho, como ela própria descreve “foi se misturando a essa cidade linda e nada mais justo que levá-la para todos os lugares do mundo”.

O contato com o alumínio, completa Isabela Francisco, foi uma redescoberta da luminosidade da prata e fez com que passasse a explorar isso de uma forma que a água e o céu ganhassem movimentos.

Ela já andou o Brasil e o mundo com a sua arte desde que começou em sua terra natal, a histórica Petrópolis, na região serrana do estado do Rio de Janeiro. Allarts Gallery, em Lisboa, Portugal, este ano; Castelo de Itaipava (RJ), Museu Histórico Nacional (RJ); e a norte-americana Nova York foram alguns de seus destinos, isso citando apenas as mostras individuais. Entre as muitas exposições coletivas, ela rodou toda a América do Sul. Agora, pode ser vista em Brasília até o dia 18 de novembro, de segunda a sexta-feira, sempre das 9h às 19h.

Um coquetel abre a exposição – que é aberta ao público – nesta terça-feira, às 18h30. O Espaço Cultural STJ fica no Setor de Administração federal Sul (SAFS), Quadra 6, Lote 1, Trecho III. Informações adicionais podem ser obtidas pelos telefones (61) 3319-8460 ou 3319-8521, ou ainda pelo e-mail [email protected].

Fonte: Coordenadoria de Editoria e Imprensa do STJ

🔥25 Total de Visualizações