Sindjus: servidores do CJF não serão deslocados para local improvisado

Após serem surpreendidos com a informação de que seriam deslocados do prédio do STJ para um local improvisado, até a conclusão das obras da nova sede, os servidores do Conselho da Justiça Federal (CJF) procuraram o Sindjus para pedir apoio no sentido de resolver este problema.

Faltam aproximadamente três meses para a conclusão das obras e os servidores acreditam que a permanência deles no STJ não iria atrapalhar o andamento dos trabalhos do Tribunal e ainda não haveria necessidade de uma mudança tão repentina. E isso seria um desrespeito com os servidores que teriam que dividir um espaço pequeno e ainda com poucas condições de trabalho. A partir dessa demanda o diretor do Sindjus, Berilo Leão marcou audiência com o diretor-geral do STJ, Athayde Fontoura Filho e com a Secretaria-geral do Conselho da Justiça Federal, Eva Maria Ferreira Barros, na ocasião ambos se comprometeram a conversar com o presidente do STJ sobre a situação e dar uma resposta para o sindicato.

Ontem (dia 5), o Sindjus foi notificado de que os servidores permanecerão no prédio do STJ até a conclusão das obras da nova sede do CJF. Segundo Berilo Leão, essa foi mais uma conquista da categoria. “Estamos aqui para ajudar e apoiar os servidores, estamos felizes com mais essa conquista e acreditamos que a situação tende a melhorar com a inauguração da nova sede do CJF”, afirma.

🔥12 Total de Visualizações