TST: Assembléia setorial foi marcada por clima de mobilização e pela certeza de que a aprovação do PCCR depende da união dos servidores

A cada assembleia setorial, mais um passo em direção à consolidação da greve no Judiciário e MPU, a partir do dia 12. Ontem, às 13h30, na reunião com servidores do Tribunal Superior do Trabalho (TST), o clima de adesão entre os cerca de 200 trabalhadores do órgão que lotaram o auditório no 1º Andar do Bloco D do prédio do Tribunal era tão evidente que vários colegas se pronunciaram destacando o importante momento vivido pela categoria. Policarpo lembrou aos presentes na assembléia que o sindicato só negocia a suspensão das paralisações se o governo federal fechar um acordo orçamentário que satisfaça a categoria. “Temos de construir uma greve forte e levar desta vez 3, 4, 5 mil pessoas no dia 12 para a Praça dos Tribunais”, enfatizou. Hoje, dia 6, servidores do STJ e do TRF estão convocados para novas assembléias setoriais, às 13h e às 16h, respectivamente.

🔥9 Total de Visualizações