Shows e mobilização: marcam as comemorações dos 20 anos do Sindjus

São 20 anos de lutas, vitórias e muito esforço. Assim pode ser descrita a trajetória do Sindjus; o sindicato que busca criar diversos pontos de contato com seus associados. Nesses 20 anos crescemos juntos com a categoria; com a justiça que move nosso país, que regulamenta nossas leis e as faz ser aplicadas.

Em meio a luta pela aprovação dos nossos planos de carreira; do Judiciário e do MPU; que se encontram no Congresso Nacional desde dezembro de 2009, nós; o Sindjus, propomos um momento de alegria, comemoração e união. O Sindjus irá promover, a partir do dia 28 de maio; três dias de shows e contamos com a presença de todos os nossos filiados; parentes e amigos. Estamos enfrentando um momento de mobilização e nada melhor do que estarmos juntos, reforçando laços e conquistando a aprovação dos nossos planos.

Então, esperamos todos os filiados, amigos e parentes, no dia 28; no show da dupla Guilherme e Santiago; dia 29; banda Biquíni Cavadão e dia 02 de junho; no show do cantor gospel, Fernandinho. Todos os eventos serão realizados no estacionamento do Mané Garrincha.

Mas, amanhã (dia 25), a categoria também tem um evento importante para anotar na agenda e não faltar; a assembleia, às 14h, onde serão definidos o rumo da greve e os caminhos que a categoria irá seguir para garantirmos a aprovação dos nossos PCCRs. Sua presença é fundamental.

Saiba mais sobre as bandas:

Guilherme e Santiago (dia 28), às 22h

Há 15 anos na estrada, os irmãos goianos investem em profissionalismo, talento e garra, o que lhes permitiu cativar um público fiel que aumenta a cada lançamento. “Amadurecemos muito nesses 15 anos de carreira, a ansiedade já não existe mais”, afirma Guilherme. A dupla possui 13 CD´S e 2 DVD´S em sua carreira. Em março de 2007 Guilherme & Santiago deram mais um grande salto em sua carreira, sendo escolhidos dentre vários candidatos para apresentar o Programa “Terra Nativa” da Rede Bandeirantes de Televisão.

Abertura da festa: Roniel e Rafael (Em 1997, gravaram ó sucesso “Vai de Roda” que foi a música de trabalho do primeiro CD do locutor de rodeio “Gleidson Rodrigues” e tocou nas maiores festas de rodeio do Brasil)

Fechamento: João Paulo e Alexandre

Biquíni Cavadão (dia 29), às 22h

Surgido em 1985, o Biquíni Cavadão nasceu do encontro, ainda em colégio, de Bruno Gouveia (vocal), Miguel Flores da Cunha (teclados), Sheik (baixo) e Álvaro Birita (bateria). Descobertos por Carlos Beni – ex-baterista do Kid Abelha – contaram com a ajuda de Herbert Vianna, dos Paralamas do Sucesso, na gravação de sua primeira música – “Tédio” – cuja execução na Rádio Fluminense FM lhes rendeu o primeiro disco na Polygram. De Herbert também veio a sugestão do nome da banda. Não demorou muito para eles completarem a formação com Carlos Coelho nas guitarras. Já no primeiro ano, “Tédio” se destacou entre as melhores canções de 85 e a banda ganhou prêmios como revelação. O primeiro LP trouxe ainda mais participações especiais: Celso Blues Boy e Renato Russo abrilhantaram Cidades em Torrente, eleito um dos dez melhores discos de rock de 1986, e que ainda trazia sucessos como “Timidez”, “Múmias” e “No Mundo da Lua”.

Abertura da festa: Banda Triplo 20 (banda formada pelo servidor do TJDFT, Anderson Lerbach) e Banda Multiverso Paralelo (Produtora Maria Cláudia de Oliveira – servidora do TJDFT)

Fechamento: Banda Máquina 4

Fernandinho (dia 2), às 20h

Fernandinho se tornou mais conhecido pelo público em 2003, com seu segundo CD, Faz chover, nome do ministério que lidera na Segunda Igreja Batista de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro. Recentemente, Fernandinho fez um show em Belém, para lançar o novo CD. O show contou com a presença do pastor e cantor PG, na Escola Superior de Educação Física. O show reuniu milhares de pessoas, em uma noite de muito agito e adoração a Deus. As letras do cantor, que se tornou mais conhecido pelo grande público com o CD Faz chover, de 2003, sempre foram voltadas para um estilo mais adoração e ministração, a prática de louvar e orar a Deus no meio de uam canção, apenas com os acordes como pano de fundo. Em todos os CDs, Fernandinho utiliza muito o violão e sua esposa, Paula Santos, faz o vocal feminino em todos os trabalhos.

Abertura da festa: Ministério SETE: Servos Escolhidos para transmitir o Evangelho e Eliane Cristina

🔥14 Total de Visualizações