Sindjus reúne-se com conselheira do CNMP

A coordenadora do Sindjus Ana Paula Cusinato participou de reunião na tarde de ontem com a conselheira Cláudia Chagas, promotora de Justiça que ocupa a vaga do MPDFT no Conselho.

Preocupados com uma proposta de resolução que tramita no CNMP que define o horário de funcionamento do Ministério Público brasileiro (da União e dos estados) das 8 às 12 e das 14 às 18 horas, servidores da Promotoria de Justiça de Taguatinga solicitaram a reunião a fim de conquistar o apoio da conselheira para manter o horário de funcionamento do Ministério Público ininterrupto.

“A sociedade será prejudicada caso esta proposta prospere. O serviço público tem de atender a população ininterruptamente, facilitando o acesso e não restringindo. Defendemos horário de funcionamento durante todo o dia, com turnos de revezamento.”, ressaltou a coordenadora do Sindjus.

Claudia Chagas entendeu a preocupação dos servidores e informou que tentará sensibilizar os conselheiros para o funcionamento ininterrupto, o que também entende ser o ideal para o Ministério Público.

O Sindjus protocola hoje petição no CNMP requerendo a alteração da proposta a fim de garantir o funcionamento ininterrupto.

As servidoras da Promotoria de Taguatinga Rosi Sobrinho e Solange César participaram da reunião, além de representantes do Sinasempu e da Associação de Servidores do MPF.

🔥14 Total de Visualizações