Reunião com Planejamento é antecipada

Foi antecipada para amanhã (7/7) a reunião entre o Judiciário e o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, para tratar da implementação do reajuste salarial dos servidores da Justiça e do MPU. A informação foi dada na tarde desta terça-feira (6/7), por diretores do Sindjus, na assembleia realizada em frente ao TSE. Com isso, a assembleia que seria realizada na sexta-feira (9/7), foi antecipada para quinta-feira (8/7), permanecendo inalterados o local e o horário: às 15h, em frente ao TSE.

Para a direção do Sindjus, a expectativa é de que essa reunião permita ao Sindicato obter informações mais concretas acerca da implementação do reajuste. A direção do Sindicato também tem buscado ouvir outras fontes com o objetivo de obter mais informações sobre a proposta do governo. Nessa segunda-feira, diretores conversaram com o ministro do STF Dias Toffoli e têm conversado diariamente com o diretor geral do STF, Alcides Diniz. O ministro ficou de tentar obter mais informações e o diretor do STF disse estar esperando um retorno do presidente do STF, ministro Cezar Peluso, que está em Portugal.

Programação – Enquanto não há uma resposta oficial do governo, a categoria continua mobilizada. No 42º dia da greve, os servidores realizaram mais um ato público em frente ao TSE. Além do telão que transmitia o jogo da Holanda contra o Uruguai, a manifestação contou, também, com a apresentação do grupo musical “Samba destilado”, que tem entre seus integrantes servidores da Justiça.

O final do ato foi marcado pelo grito de palavras de ordem como “Presidente, negocia, e valorize a categoria!”, destinado ao presidente do TSE, Ricardo Lewandowski, que, no momento, estava dando uma entrevista para a TV Globo, além da já tradicional “PCCR, já!”.

Para esta quarta-feira (7/7), está prevista a participação da Banca de Poetas, além da apresentação de músicas dos anos 80. A direção do Sindjus convoca a categoria a participar dos piquetes e do ato. “Cada um que está aqui tem de chamar o máximo de colegas possíveis para o ato de amanhã. A nossa persistência está fazendo as coisas acontecerem e temos de continuar mobilizados até conseguirmos a vitória”, enfatizou o coordenador geral Berilo Leão.

🔥24 Total de Visualizações