Servidores do STM participam de assembléia e apoiam realização de Ato

A primeira assembléia do calendário definido pelos delegados sindicais na última sexta (12) aconteceu no Superior Tribunal Militar (STM) na tarde desta terça-feira (16). Os servidores que compareceram decidiram apoiar a diretoria do sindicato e convidar os demais colegas da categoria para participar do Ato em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF) no dia 24 de novembro.

A diretoria do Sindjus explicou aos servidores que essa é a hora de aumentar a pressão nos interlocutores da categoria junto ao governo, pois não é possível deixar esse assunto nem para o governo de transição, nem para a presidente eleita Dilma. “o ministro Peluso, como representante de todo o Poder Judiciário, deve à nossa categoria e a toda a sociedade a defesa da autonomia deste Poder. Dia 24 tem sessão no Supremo e todos os ministros estarão reunidos. Será um excelente momento para a categoria saber se a palavra do presidente tem valor”, explicou Berilo.

A servidora Luciana apoiou as ações do Sindjus e alertou os companheiros. “Se a gente não ganhar esse plano não será por falta de negociação do sindicato e sim dos servidores que não souberam se unir”, disse.

Amanhã (17) as assembléias setoriais acontecerão às 13h no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e no Tribunal Superior do Trabalho (TST). Às 13h30 no Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e às 16h no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As assembléias da quarta-feira encerram às 17h na Procuradoria Regional da República (PRR). No dia 24 de novembro a concentração para o Ato será às 15h.

🔥7 Total de Visualizações