Últimas assembleias garantem unidade da categoria no Ato no STF

As assembleias do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) encerraram o ciclo de 13 assembleias setoriais realizadas pelo Sindjus, que mostraram que a categoria está unida sobre a necessidade de aprovação dos PLs 6613 e 6697 e está disposta a brigar por esse reajuste no dia 24 de novembro em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Os servidores que participaram das assembléias estão empenhados na tarefa de levar os colegas do judiciário e do MPU para a praça às 15h. “Sair dos nossos tribunais por duas horas é o mínimo que podemos fazer nessa luta. Quanto mais pessoas estiverem no Supremo nesta quarta-feira, maiores sãos as chances que a gente tem de conseguir mostrar ao Peluso que não aceitamos ficar sem reajuste”, disse Luiz Carlos, servidor do TRE. “Realmente existe no judiciário e no MPU, além de uma diferença salarial com os demais poderes, uma defasagem entre o início e o fim da carreira e esse plano é o ponta pé para solucionar esse problema. A aprovação dos PL’s é um primeiro passo para mudar essa realidade”, disse Afonso, também do TRE.

O sindicato vai disponibilizar transporte, a partir das 14hs, para os órgãos que solicitarem garantindo a presença máxima de servidores no ato. A participação em massa da categoria é fundamental para garantir a vitória nesta luta.

🔥6 Total de Visualizações