Pimenta nos olhos dos outros é refresco

Esse velho e sábio ditado popular tem sido aplicado com muita propriedade por centenas de servidores revoltados com as declarações do deputado Reginaldo Lopes. Na tentativa de suprimir direitos da nossa categoria, ele apresentou emendas contraditórias e deu explicações duvidosas. Sobre a Gratificação de Desempenho Institucional, por exemplo, ele afirmou que “no âmbito do Poder Legislativo e do Tribunal de Contas da União esta foi a técnica remuneratória escolhida”.

Será que foi mesmo? Como sabemos, o Poder Legislativo é composto por Senado e Câmara. Vamos esquecer o Senado, que não é da alçada do deputado. Pois bem: na Câmara, conforme afirmamos e voltamos a afirmar, o plano de carreira não adota o modelo remuneratório por avaliação de desempenho.

Portanto, fica a pergunta: por que o deputado Reginaldo Lopes acredita que a Gratificação de Desempenho é boa para os servidores do Poder Judiciário, mas não para os que trabalham na sua própria Casa? Realmente, pimenta nos olhos dos outros é refresco.

🔥13 Total de Visualizações