Servidores em greve ocupam 3 faixas do eixo monumental durante marcha

A greve dos servidores do Judiciário e MPU está cada dia mais forte! Nesta quinta-feira (26) a categoria realizou uma grande marcha entre o Palácio do Planalto e o Ministério do Planejamento e Gestão que chegou a ocupar 3 faixas do Eixo Monumental. A manifestação causou engarrafamento na Esplanada dos Ministérios e chamou a atenção da sociedade.

Os grevistas fizeram a marcha para mostrar sua indignação com o Ministro Peluso e com a Presidenta Dilma. Além dos apitos, buzinas, panelas e tambores, os manifestantes gritavam palavras de ordem pedindo reajuste imediato, pois já cansaram de esperar 5 anos pela revisão salarial. Ao passar em frente ao ministério da Fazenda, os servidores deram um recado especial ao ministro Guido Mantega. “O país nunca arrecadou tanto. Agora no mês de maio já equivale a um semestre inteiro. Sabemos que dinheiro tem. Só precisa ser liberado para o nosso reajuste”, disse o diretor do Sindjus, Jailton Assis, que em seguida puxou a palavra de ordem “Servidores na rua, Guido a culpa é sua”.

No ministério do Planejamento a categoria lotou o estacionamento e reafirmou para a ministra Belchior que não estão dispostos a esperar mais. “Cinco anos não. Reajuste na minha mão”, proclamavam indignados os servidores. “É uma falta de respeito o que estão fazendo com essa categoria. Nós levamos a justiça à população brasileira. Temos que mostrar nossa indignação. Não podemos mais ficar calados”, disse a coordenadora-geral, Ana Paula Cusinato.
Berilo Leão, coordenador-geral do Sindjus, lembrou que a luta continua. “Não sairemos da greve enquanto não houver uma definição do nosso reajuste”, afirmou.

A categoria segue em greve por tempo indeterminado. Os PL’s 6613 e 6697 estão parados no Congresso Nacional desde 2009. Com a paralisação os servidores esperam forçar às autoridades competentes a iniciarem uma negociação que leve a aprovação do reajuste salarial.

🔥22 Total de Visualizações