Diário de Greve: Mais de mil servidores protestam no Planalto e na Fazenda

Foto Jailton Assis

Já que o presidente do STF não dialoga com o Executivo sobre a aprovação do PL 6613, os servidores do Judiciário cumpriram o prometido levando pessoalmente à presidenta Dilma a reivindicação da nossa categoria. Mais de mil servidores se concentraram em frente ao Palácio do Planalto e gritaram: “Dilma eu não aguento, quero o meu aumento”.

O objetivo de pressionar a presidenta é o de provocar a imediata aprovação do nosso plano. “Essa provocação deveria ser feita pelos nossos representantes Peluso e Gurgel, mas como eles não se movimentam nesse sentindo nós precisamos assumir esse papel”, pontuou o coordenador-geral Berilo Leão Neto

Seguindo essa linha de atuação, do Planalto, os servidores seguiram, em passeata, para o Ministério da Fazenda. O foco da manifestação foi dirigido então ao ministro Guido Mantega, que tem a função de gerir a estrutura administrativa do governo brasileiro. Com palavras de ordem, apitos, faixas, cartazes e outras manifestações espontâneas, os servidores marcaram presença. Alguns dirigentes de outros Estados também participaram do ato, consolidando a atuação do Sindjus como referência nacional.

Manifestação PGR

Em razão da reunião entre a coordenadora-geral Ana Paula Cusinato e o deputado Policarpo com o secretário-geral da PGR, Lauro Cardoso, os servidores do MPU foram dispensados do ato no Palácio do Planalto para manifestarem diante do prédio da PGR. A intenção foi demonstrar a força do movimento e a insatisfação da categoria com a forma que a administração vem tratando os grevistas.

🔥12 Total de Visualizações