Jornal de Brasília: Agora é Nacional

Em plenária nacional realizada, ontem, no Rio de Janeiro, a Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e do Ministério Público da União (Fenajufe), decidiu deflagrar greve por tempo indeterminado em defesa da aprovação dos PLs 6.613/09 e 6.697/09, que tratam do reajuste salarial do segmento. Com a decisão, os outros estados devem se somar ao movimento grevista iniciado no Distrito Federal e na Bahia, além do indicativo já aprovado em Mato Grosso para hoje.

Equiparação salarial

Além de delegados e dirigentes sindicais, o evento teve a participação do deputado federal Roberto Policarpo (PT-DF), relator do PL 6613/09 na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, que deve apresentar seu parecer nesta semana. A proposta aprovada defende os projetos de revisão dos planos de cargos e de carreira, rejeita qualquer proposta que retire direitos conquistados pela categoria, além de determinar que os sindicatos defendam a equiparação salarial com carreiras análogas e a unidade da greve.

🔥14 Total de Visualizações