Jornal de Brasília: Panela de pressão

Servidores do Judiciário fazem, hoje, a partir de 14h, manifestação no Auditório Nereu Ramos, na Câmara, pela aprovação do PL 6.613, que trata do reajuste salarial de 56% à categoria. Em greve há 25 dias, o segmento aposta suas fichas no relatório do deputado federal Roberto Policarpo (PT-DF) apresentado, ontem, a diretores-gerais de tribunais. O documento, aprovado no 6º Congresso do Sindjus, prevê a equiparação salarial com carreiras análogas por meio de reajuste da Gratificação Judiciária, que equivale a 50% do vencimento básico.

Previsão Orçamentária

Policarpo também pediu ao diretor-geral do STF, Alcides Diniz, que o Judiciário incluísse na previsão orçamentária que será enviada à Câmara os valores referentes à implantação do PL. Segundo Diniz, o presidente do Supremo, ministro Cesar Peluso, já havia pedido que a administração do STF fizesse um cálculo atual desse valor, e solicitou a cada órgão os respectivos impactos atualizados.

Enquanto isso, protestos diários em frente a órgãos da Justiça, buscam mais adesão à greve e, também, o apoio dos presidentes de tribunais.

🔥9 Total de Visualizações