Jornal de Brasília: De volta ao trabalho

Depois de 52 dias de greve, servidores do Judiciário resolveram suspender o movimento e voltam ao trabalho hoje. A categoria, no entanto, permanece em estado de greve até o início do mês de agosto, quando devem ser retomadas as discussões dos projetos de lei 6.613 e 6.697, que reestruturam as carreiras do Judiciário e do MPU. A decisão foi tomada em assembleia ontem à tarde. De manhã, o presidente da Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara, deputado Cláudio Puty (PT-PA), decidiu não colocar em votação o relatório do deputado Roberto Policarpo (PT-DF) ao PL 6.613. No lugar da votação, Puty montou uma comissão interpartidária de parlamentares para intermediar as negociações entre os servidores e o Governo Federal. Os nomes dos deputados deverão ser apresentados à CFT até o meio-dia de hoje. Os parlamentares favoráveis às reivindicações dos trabalhadores esperam que seja incluída dotação orçamentária na Lei de Diretrizes Orçamentárias, que deverá ser votada até o dia 31 de agosto. Já a previsão de Puty é colocar o relatório em votação na primeira quinzena de setembro. No dia 5 de agosto, delegados sindicais discutem uma possível retomada da greve.

🔥44 Total de Visualizações