Chefe de gabinete da presidência do TJ recebe Sindjus para discutir Portaria 37

O chefe de gabinete da presidência do Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT), Michel Ferreira, recebeu ontem representantes do Sindjus para discutir Portaria 37, que trata sobre a compensação dos serviços represados durante a greve. O sindicato defende alteração nos termos da norma, uma vez que ela foi publicada diferente do que fora acordada
anteriormente. Participaram da reunião os coordenadores Jailton Assis, José Oliveira (Zezinho) e Sheila Tinoco.

O Sindjus entregou ofício ao chefe de gabinete a ser encaminhado ao
presidente do TJDFT, desembargador Otávio Augusto Barbosa,
solicitando mudanças na Portaria 37 a fim de beneficiar não só os
servidores,
mas toda a Administração.

O sindicato argumenta que a greve é um ato coletivo. Historicamente no
TJ os colegas combinam quem vai para o movimento. Depois todos se
reúnem em mutirão para colocar todo o trabalho em dia. O sindicato
afirma também que neste mês de julho não houve recesso e que mais de
80% do serviço foi reposto. Michel
Ferreira se mostrou receptivo ao pleito e disse que conversará sobre o
assunto com o presidente do tribunal.

🔥17 Total de Visualizações