PL 6613/2009: Para entrar na pauta, liga para eles

Os parlamentares ficaram surpresos, ontem (3/10), quando, ao desembarcar no aeroporto Juscelino Kubitschek, foram recepcionados pelos diretores do Sindjus. Banners e cartas pediam a presença deles na reunião da CFT que há mais de um mês não vota nada. Os diretores Berilo Leão, Ana Paula Cusinato, Jailton Assis e José Silva (Zezinho) passaram a tarde e a noite no aeroporto esperando os membros da CFT.

Jailton abordou João Dado, que de forma simpática parabenizou a luta e afirmou que estava ajudando. Garantiu que poderiam contar com o voto dele para inclusão do projeto na pauta e aprovação do relatório. A conquista do apoio dos deputados a nossa luta é importante, no entanto, precisamos arrancar deles o compromisso de comparecerem à reunião da CFT e votarem favoráveis ao PL 6613.

Os coordenadores ficaram até as 23h esperando o desembarque de José Guimarães. E hoje, a partir das 6h, já estavam novamente à espera de novas chegadas. Na ocasião, recepcionaram o vice-presidente da CFT, que vai presidir a sessão desta quarta, Junior Coimbra. A intenção é pressionar ao máximo cada deputado, por isso a recepção no aeroporto e as visitas aos gabinetes na Câmara.

Ligue para eles

Ao serem abordados, os deputados afirmam que estão apoiando o PL 6613, porém, precisamos que eles confirmem presença na comissão. Você, servidor(a), pode ajudar ligando para os gabinetes perguntando se podemos contar com a presença do deputado na reunião da CFT desta quarta (5/10). Lembre-se que a falta de quorum tem sido o nosso principal inimigo e por isso precisamos combatê-la. Argumente com os assessores o quão importante para o nosso projeto é não só o apoio, mas a presença dos deputados.

Em seguida, peça para que ele vote pela inclusão imediata do nosso projeto na pauta. Diga que o PL 6613 já tramita há mais de um ano naquela comissão. Lembre os assessores que tínhamos um compromisso da comissão de votá-lo na primeira quinzena de setembro, mas, até agora a promessa não foi cumprida.

Por fim, argumente que ao contrário do que dizem não há qualquer incompatibilidade orçamentária no relatório apresentado ao PL 6613/2009, uma vez que sua implementação está condicionada à disponibilidade orçamentária.

Ligue uma, duas, três, enfim, ligue quantas vezes puder. Vamos congestionar os emails e os telefones dos gabinetes. Não podemos dar trégua nesse momento em que o governo e sua tropa de choque tentam empurrar nosso projeto com a barriga e com discursos equivocados.

Vamos ligar e pautar o PL 6613 para a reunião desta quarta-feira.

Ligue, ligue, ligue lá!

Nome e telefone, por partido, dos titulares da CFT:

PT
Andre Vargas: 3215-5923
Assis Carvalho: 3215-5909
Claudio Puty: 3215-5480
José Guimarães: 3215-5358
Pedro Eugênio: 3215-5902
Pepe Vargas: 3215-5545
Rui Costa: 3215-5576
Valmir Assunção: 3215-5739

PMDB
José Priante: 3215-5752
Júnior Coimbra: 3215-5274v
Lucio Lima: 3215-5612
Luiz Pitman: 3215-5931

PSDB
Alfredo Kaefer: 3215-5818
Rui Palmeira: 3215-5476
Vaz de Lima: 3215-5850

PP
Aguinaldo Ribeiro: 3215-5735
Jerônimo Goergen: 3215-5316
Márcio Moreira: 3215-5819

DEM
Alexandre Leite: 3215-5841
Julio Cesar: 3215-5944
Pauderney Avelino: 3215-5610
Rodrigo Maia: 3215-5308

PR
Aelton Freitas: 3215-5204
Maurício Trindade: 3215-5456

PSB
Audifax: 3215-5574
Coelho Filho: 3215-5662

PDT
João Dado: 3215-5509

Bloco PV, PPS
Carmem Zanotto: 3215-5503

PTB
José Corte Leal: 3215-5621

PSC
Edmar Arruda: 3215-5962

PSOL
Jean Wyllys: 3215-5646

PHS
José Humberto: 3215-5267

🔥17 Total de Visualizações