Servidores do STF decidem fazer uma hora diária de protesto

Pouco antes do ato público realizado na Praça dos Três Poderes pelo Sindjus, os servidores do Supremo Tribunal Federal se reuniam na primeira das assembleias setoriais que integram o calendário aprovado pelos delegados sindicais com objetivo de intensificar a movimentação pela aprovação do PL 6613/09.

Durante o encontro, os coordenadores do Sindjus expuseram a situação atual do nosso projeto, com todos os detalhes sobre sua tramitação e bastidores de negociação. Depois do exposto, os servidores lá reunidos debateram formas de colaborar com a votação e aprovação da matéria na Comissão de Finanças e Tributação, bem como à inclusão do projeto na LOA-2012 por meio de votação na Comissão Mista de Orçamento ou da decisão favorável do STF no tocante ao Mandado de Segurança impetrado pelo sindicato.

Como resultado da assembleia, os servidores do Supremo decidiram realizar uma hora de paralisação diária de suas atividades. Será um protesto pacífico e respeitoso, mas com efeitos concretos na rotina do tribunal. Com essa decisão corajosa posta em prática os servidores do STF vão dar diariamente um recado à cúpula do Judiciário, pressionando os ministros a abraçarem de uma vez por todas a nossa causa.

Que os servidores de outros tribunais, assim como os do Supremo, possam criar condições de fortalecer o movimento em curso pela aprovação do PL 6613/09.

🔥27 Total de Visualizações