Comercial na TV chama a categoria para a paralisação de 72h

“Há quatro meses o Supremo Tribunal decidiu que o Executivo não poderia interferir em seu orçamento. Essa decisão nunca foi cumprida.
O desrespeito ao Judiciário põe em risco o Estado de Direito.
Senhores ministros, julgamento do Mandado de Segurança do Sindjus, já!
Servidor participe da paralisação de 72h (13, 14 e 15/12)”.

O texto entre aspas (que tem a função de ser um grande chamado) é o conteúdo de um vídeo produzido pelo Sindjus e exibido na grade televisiva da Rede Globo.
Nesta semana, teremos duas atividades muito importantes: a paralisação de 72 horas e o trabalho de articulação junto aos ministros do STF. São atividades complementares que precisam ser realizadas com grande empenho. Afinal, diante da intransigência do governo o julgamento do Mandado de Segurança impetrado pelo Sindjus torna-se o caminho mais viável para concretizarmos o PL 6613/09.

O governo anunciou que pretende votar a LOA-2012 entre os dias 21 e 22 e até agora o PL 6613/09 não entrou no relatório preliminar. Contra a postura de reajuste zero adotada pelo governo, o MS torna-se a nossa principal arma. Por isso, os nossos diretores liberados (Sheila, Berilo, Jailton, Cledo e Zezinho) irão se dedicar ao Supremo quase em tempo integral durante toda a semana. O objetivo é intensificar as conversas com os ministros no sentido de pautar o MS 30896/DF esta semana. O STF precisa deferir este processo antes do Judiciário entrar em recesso. Por isso, em conjunto com os servidores daquele local, os diretores liberados irão literalmente acampar nos corredores do STF.

Em outra trincheira, os servidores terão que transformar a paralisação de 72 horas num verdadeiro sucesso de público e crítica. Para isso, os piquetes são fundamentais. Como será uma paralisação difícil (com muitos órgãos convivendo com os fantasmas do corte de ponto e da reposição de horas das greves passadas e ainda sem a presença dos diretores que estarão no STF), os delegados sindicais terão sua importância multiplicada neste momento.

É de extraordinária necessidade que os delegados sindicais e os servidores mais esclarecidos dêem vida aos piquetes, transformando a nossa paralisação em uma mobilização de muita visibilidade, capaz de construir o resultado positivo que tanto almejamos. É importantíssimo que você, independentemente de cargo ou função, fique nos piquetes conversando com outros colegas sobre o quanto a mobilização de cada um é decisiva para concretizarmos um reajuste que beneficiará a todos.

🔥26 Total de Visualizações