Sindjus reverte corte salarial no TST

Graças ao empenho dos servidores do TST coordenados pelo diretor Cledo Vieira e a ajuda decisiva do deputado Policarpo, o Sindjus conseguiu reverter o corte salarial que estava em curso naquele tribunal. No início da noite de ontem (13), Cledo foi recebido pelo presidente, João Oreste Dalazen, antes de assinar o despacho que possibilita a reposição dos dias parados.

O despacho em questão, considerando a decisão do STF nos autos dos Mandados de Injunção 670/2002 e 712/2004, determina a suspensão dos descontos ainda não efetivados dos dias de faltas ao trabalho por motivo de greve nos anos de 2009, 2010 e 2011 e também autoriza a compensação dos dias não trabalhados.

Durante a audiência, Cledo reafirmou que o Sindjus está sempre à disposição para conversar sobre tudo o que disser respeito aos servidores.

🔥11 Total de Visualizações