Apoiado na pressão dos servidores, Policarpo lidera ofensiva pelo orçamento

Tem sido árdua a luta pela aprovação do orçamento que possibilitará a aprovação do reajuste dos servidores do Judiciário e do Ministério Público. Em meio a um jogo político complicado que envolve liberação de verbas em ano eleitoral, o que de positivo tem se revelado é resistência. Dos servidores e de alguns deputados. Os servidores não arredaram o pé do plenário, alguns deputados ainda não desistiram.

Com a nota feita pelo especialista contratado pelo Sindjus o deputado Policarpo deu curso à última tentativa de garantir os recursos “Se não deu com a destinação dos recursos, criamos uma nova fórmula que poderá dar certo”, acredita Policarpo. A ideia é demonstrar aos parlamentares que mesmo o aporte orçamentário pode ser compensado pela economia que o projeto trará com a redução do número de FC, conforme noticiamos ontem em nosso site.

Policarpo solicitou também ao STF que enviasse oficialmente os dados que comprovam o que tem dito a cada um dos parlamentares da CMO. A administração do STF mandou as planilhas e a batalha está em curso.

Lido o relatório do deputado Arlindo Chináglia PT-SP, a CMO apreciará os destaques.

Os diretores do Sindjus acompanham a sessão e esperam que a estratégia adotada nessa reta final seja bem sucedida. “Estamos tentando interferir no processo. Apesar do tamanho das dificuldades que estamos enfrentando desde o começo não podemos nunca deixar de lutar. Temos visto o quanto é importante ter um deputado que não desiste, mesmo quando todos parecem ter jogado a toalha. Com isso, nossa esperança se mantém de pé”, desabafou Sheila Tinoco, coordenadora do Sindjus.

🔥39 Total de Visualizações