Pressão total no Congresso hoje

Depois de sucessivos adiamentos, a sessão da Comissão Mista de Orçamento foi transferida para hoje (22), às 9h. Os adiamentos de ontem foram ocasionados pela falta de acordo entre os líderes partidários em relação a assuntos mais conflitantes, como o reajuste do Judiciário e do MPU.

“Estamos tentando a derradeira negociação para que amanhã (22) possamos votar o relatório. Ao longo do dia de hoje (21), tentamos fechar algum acordo, o que não foi possível. Mas vamos tentar cumprir amanhã a nossa programação”, disse o senador Vital do Rego, ao anunciar o adiamento da sessão para a manhã desta quinta.

Ele disse, ainda, que de hoje para amanhã, os líderes continuarão discutindo a possibilidade de se chegar a um acordo quanto aos PCSs. “Esperamos encontrar um termo comum que possa atender aos servidores. Não está sendo fácil”, afirmou.

Em resposta ao adiamento da sessão, os servidores entoaram várias palavras de ordem, cobrando um posicionamento do Congresso Nacional. O barulho feito pelos servidores, que ficaram no Congresso até a noite de ontem, está colocando obstáculos à política de reajuste zero da presidenta Dilma Rousseff.

A pressão foi tamanha que o próprio senador Vital do Rego registrou, em sua fala, que isso foi determinante para o debate que vem ocorrendo entre os parlamentares em relação ao tema.

Essa mobilização precisa continuar. Os coordenadores do Sindjus já estão no Congresso e todos os servidores estão convocados a acompanhar de perto o fechamento do Orçamento de 2012. “Só por meio de muita pressão vamos conseguir viabilizar o PL 6613/09. É hora de união, de participação, de empenho, de garra, de persistência. Vamos juntos construir essa vitória”, afirmou o coordenador-geral Berilo Leão.

🔥11 Total de Visualizações