Correio Braziliense: Brasília-DF (Luiz Carlos Azedo)

O Congresso deve aprovar hoje o Orçamento da União de 2012, sem os aumentos dos aposentados que recebem mais de um salário mínimo e dos servidores do Judiciário e do Ministério Público, dentre outros. O argumento para esse arrocho é o quadro de incertezas da economia internacional, embora a presidente Dilma Rousseff venha reiterando que está otimista em relação ao crescimento econômico no próximo ano desde que os brasileiros “trabalhem, trabalhem e trabalhem”.

🔥41 Total de Visualizações