Em reunião com o presidente do TJ diretores defendem a movimentação

Na última sexta-feira (01º/06) os Coordenadores do Sindjus Jailton Assis, José Oliveira e Sheila Tinoco reuniram-se com o Presidente do TJDFT, Desembargador João de Assis Mariose. No encontro foi repassado o Manifesto pela Movimentação Extraordinária com milhares de assinaturas ao Presidente.

Os coordenadores agradeceram o empenho da Administração em atender três itens da pauta apresentada ainda na formação da equipe de transição. O pagamento do Estágio Probatório, assim como da incorporação de quintos e, ainda, a licitação para realização de cálculo atuarial para demonstrar a necessidade de redução do custeio do Pró-Saúde foram os pontos atendidos. Entretanto, os coordenadores cobraram as demandas dos servidores que ainda estão pendentes, destacando como mais importantes a Movimentação Extraordinária e o pagamento do Adicional de Qualificação Temporário.

A Secretária Geral Lídia Maria Borges de Moura que também participou da reunião disse que aguardará mais elementos para encaminhar o Processo da Movimentação Extraordinária à Presidência.

Os coordenadores pediram apoio do Desembargador Mariose nas negociações do reajuste salarial e informaram que a categoria prepara uma greve, caso não haja aprovação imediata do PL 6613/2009. “Esperamos manter o diálogo com a administração não só durante o processo de greve, como também durante todo o mandato dessa Administração. Com relação à negociação dos dias parados solicitamos que seja realizada ao final do movimento paredista” ressaltou o coordenador Jailton Assis ao Desembargador.

🔥9 Total de Visualizações