Judiciário faz barulho na Câmara e certificados de urna não são emitidos

“Ensurdecedor!” Essa é a expressão que sintetiza o ato realizado pelo Sindjus, na tarde de ontem (26), na Câmara dos Deputados. Os servidores do Poder Judiciário com suas buzinas e cornetas tomaram a portaria da Câmara. Faixas, bandeiras, cornetas e uma banda de música ajudaram os servidores a dar o recado que foi dirigido especialmente ao relator do PCCR, deputado João Dado, e ao presidente da CFT, deputado Antônio Andrade.

O ato chamou a atenção de diversos parlamentares, que acenaram apoio à causa da nossa categoria, e também da grande imprensa, que fez a cobertura da nossa atividade, dando assim mais visibilidade à bandeira do nosso reajuste salarial. Uma carta, com as reivindicações dos servidores, foi entregue aos deputados.

“O ato foi um sucesso, assim como o primeiro dia da nossa paralisação de 48h. Tivemos notícia de vários locais de trabalho parando por completo suas atividades. No TSE, por exemplo, os certificados de urna não foram emitidos. Vários chefes de seção também estão manifestando apoio a nossa mobilização. O movimento, sem dúvida, cresce e se fortalece mais e mais a cada semana”, afirmou a coordenadora do Sindjus, Ana Paula Cusinato.

🔥12 Total de Visualizações