CUT-DF realiza assembleia em apoio à greve dos servidores públicos federais

A Central Única dos Trabalhadores no Distrito Federal (CUT-DF) realiza nesta quarta-feira (25) uma assembleia geral com todos os sindicatos filiados,
na Praça do Cebolão (Setor Bancário Sul – SBS), às 18h, em apoio à greve dos servidores públicos federais, que já dura mais de um mês.

O governo Dilma insiste em não apresentar propostas às reivindicações da categoria, que luta por melhores salários e condições de vida.

Pior ainda, determinou o desconto salarial daqueles que estão mobilizados em busca de justas reivindicações.

O fato é que as reivindicações dos servidores, justas e legítimas, confrontam a política equivocada do governo Dilma, que desvia quase
a metade do Orçamento da União para pagamento de juros e serviços da dívida pública, concede de forma irresponsável
isenções fiscais aos grandes empresários, além de desonerar a folha de pagamento, comprometendo o equilíbrio da previdência social.

Por essa razão, o governo, em vez de negociar, opta por atacar a greve dos servidores.

A CUT-DF entende que atitudes como esta requerem uma luta imediata e incansável, devendo envolver todas as entidades de classe.

A Central enfatiza ainda que os servidores estão corretos ao exigir melhores condições de trabalho, melhores salários,
mais concursos públicos, pois isso significa a valorização do serviço público, tão necessário para a maioria do povo brasileiro.

Deste modo, a CUT-DF não só se solidariza com a realidade dos servidores públicos como vai continuar abraçando a luta do funcionalismo,
que precisa ter sua importância reconhecida pelo Palácio do Planalto.

A CUT-DF repudia o sucateamento do serviço público, bem como o tratamento que o governo Dilma vem dando aos servidores que,
sobretudo, merecem ser respeitados.

Durante a assembleia geral, além do apoio aos servidores federais, serão encaminhadas lutas contra a precarização e ataques aos direitos da classe trabalhadora.

🔥39 Total de Visualizações