Resolução 63: Coordenador do Sindjus visita mais um membro do CSJT

Dando continuidade às visitas aos membros do Conselho Superior da Justiça do Trabalho em defesa da não implantação da Resolução 63, que diminui o número de funções comissionadas no TRT, o coordenador-geral do Sindjus, Cledo Vieira, esteve, na tarde de ontem (30), com o desembargador Márcio Vasques Thibau de Almeida, que é conselheiro do CSJT e também é presidente do TRT da 24ª Região (MS).

Cledo apresentou ao desembargador as dificuldades de se implantar a Resolução 63 no TRT-10, em razão das particularidades deste tribunal. “Não tem sentido o CSJT implantar modificação organizacional no tribunal sem consultar o próprio tribunal”, frisou Cledo, que discorreu sobre o número de requisitados e as dificuldades de se prestar um bom serviço principalmente nas varas trabalhistas e área meio com a adoção dessa resolução.

O desembargador se mostrou sensível à preocupação levantada pelo dirigente sindical, compreendendo as dificuldades da 10º Região, a qual já integrou como magistrado. Na visão dele, a Resolução 63 pode ser discutida face às peculiaridades do tribunal antes de ser aplicada.

Cledo também colocou ao conselheiro a posição da Amatra-10, que decidiu, em assembleia, lutar contra a Resolução 63. O coordenador do Sindjus ficou satisfeito com a reunião e vai, ao longo desta semana, continuar as visitas aos membros do CSJT. O objetivo, segundo Cledo, é visitar todos os conselheiros, garantindo o máximo de apoio possível para evitar que os servidores do TRT-10, bem como a população, tenham prejuízos com a implantação da Resolução 63.

🔥30 Total de Visualizações