Nenhuma desculpa pode impedir a sua participação

Hoje, primeiro de agosto, você vive um dia muito importante na luta pela valorização salarial de nossa categoria. No dia em que os parlamentares voltam do recesso e começa a se afunilar a definição do Orçamento de 2013, iniciamos um movimento grevista em todo o Judiciário. Um movimento em que a sua participação é fundamental.

 
Com uma greve forte, nós podemos dar um basta à política de reajuste zero do governo Dilma. Foi o que provou a greve dos professores das universidades federais. O governo não queria ceder nada, zero, mas admitiu conceder entre 25% e 44% para reestruturar o plano de carreira dos professores. De igual maneira, se fizermos uma greve bem feita, conseguiremos derrubar a política de arrocho salarial imposta pelo Executivo ao Judiciário.

 
Está na hora de afastar as desculpas de que a nossa greve é fraca. Não será fraca se você aderir, se os  seus colegas aderirem, se todos fizerem a sua parte de maneira unida, nossa greve será forte.

Está na hora também de afastar a desculpa do corte de ponto. Quem teme o corte de salário tem um motivo ainda maior para aderir à greve, pois a inflação corroeu 37,6%do valor dos nossos salários nos últimos seis anos. Não há corte salarial pior do que esse! Se não agirmos já para enfrentar essa realidade, os efeitos dessa perda salarial serão ainda mais nocivos. Além disso existe a possibilidade de negociar os pontos cortados, como ocorreu no dia 24 de julho, quando a 17ª Vara Federal concedeu liminar suspendendo o corte de pontos de servidores públicos federais do Distrito Federal, em greve desde 18 de junho. A paralisação foi considerada legal pela Justiça. O juiz que decidiu em favor dos servidores, Flávio Marcelo Borges, afirmou: “O direito de greve é realidade no panorama jurídico nacional”. O Sindjus tomou todas as providências necessárias para que nossa greve também seja considerada legal.
Além disso, nossa greve é legitima, como já reconheceu o presidente do STF.

 
Portanto, não se justificando qualquer desculpa, o seu trabalho hoje é ligar para os seus colegas para garantir que ninguém compareça ao trabalho.

 
Se você aderir, a gente derruba o reajuste zero do governo Dilma. Se você aderir, o nosso plano passa!

🔥8 Total de Visualizações