Mais uma desculpa que não cola: não vou fazer greve porque o outro ganha mais!

Alguns servidores recém-concursados se recusam a entrar em greve sob o pretexto de que não vão se esforçar por um plano salarial que vai beneficiar os servidores mais antigos.

Essa tese, sem lógica, é um tiro no pé. Jovens e antigos possuem o mesmo plano, portanto, estão no mesmo barco. Se não sair reajuste para uns, não sairá para os outros. E mesmo que não fosse assim, é preciso lembrar que o tempo não para, e que os novos já serão antigos perante os que entrarão daqui um dia, um mês, um ano.

Nesta greve não há lugar para discriminação por tempo de serviço ou por cargo. Também não há lugar para posturas individualistas ou canibalísticas, do tipo “só eu devo ganhar e o resto que se estrepe”.

Esta greve só será forte se tiver a adesão de todos os servidores, sem discriminação de qualquer tipo.

🔥5 Total de Visualizações