Categoria rejeita proposta do STF

A assembleia realizada nesta quarta-feira (29/8) rejeitou com raras exceções o reajuste oferecido pelo STF. A proposta apresentada pelo DG do STF, Amarildo Oliveira, aumentava a GAJ de 50% para 100% e reduzia de 15 para 13 o número de padrões o que resultaria em um total de 33% de aumento na tabela salarial da categoria. Antes de sair da reunião com o DG, o deputado Policarpo ligou para o ministro Brito para solicitar uma audiência do Sindjus/Fenajufe com o presidente, com o objetivo de melhorar a proposta apresentada pelo DG. A reunião foi marcada para as 20h30, desta quarta-feira.

A assembleia não quis nem esperar a referida reunião como tinha sido proposto pela diretoria do Sindjus e optou por decidir sobre a proposta ali mesmo.

Sem que qualquer pessoa se escrevesse para defender a proposta do STF, a categoria aprovou por ampla maioria rejeitá-la.

Servidores do STF reunidos com o Secretário-geral

Paralela a assembleia de toda a categoria, a administração do STF convocou uma reunião para explicar aos servidores sua proposta.

Depois da reunião alguns servidores compareceram a assembleia, que já estava em processo de votação. Os diretores ficaram de reforçar o piquete para que amanhã não haja refluxo naquele tribunal.

🔥6 Total de Visualizações