Atuação do Sindjus em relação à Resolução 63/2010 (CSJT) está no caminho certo

Durante as visitas realizadas nas Varas Trabalhistas e no TRT, o coordenador-geral do Sindjus Cledo Vieira, além das dúvidas relacionadas ao PL 4363/2012, debateu sobre um ponto que tem causado preocupação aos servidores: a Resolução 63/2010, do Conselho Superior da Justiça do Trabalho, que reformula as funções comissionadas dos TRTs.

A preocupação dos servidores reside no fato da administração do TRT-10 entender que a Resolução 63/2010 deva ser implantada a partir de janeiro de 2013. A partir dessa implantação, o TRT-10 terá de diminuir o número de funções comissionadas para se adequar à determinação.

Segundo Cledo Vieira, o Sindjus tem atuado para que a resolução não seja implantada ou que seja implantada de forma que não traga prejuízos aos servidores, minimizando assim seus efeitos. “Trabalhamos, em primeiro lugar, para que função alguma seja perdida. O objetivo é perder o menor número de funções possível”, afirmou Cledo.

Os servidores que participaram da reunião concordaram com a postura adotada pelo sindicato, apoiando essa luta contra os efeitos maléficos da Resolução 63/2010.

Também participou da reunião o presidente da ASDR Nivaldo Rosa.

🔥41 Total de Visualizações