Diretoria do Sindjus aposta em pressão total pela GAJ 100%

Durante reunião ocorrida na noite de ontem (26), os diretores debateram diversos pontos de interesse da categoria, principalmente no que diz respeito à questão do reajuste salarial. De forma unânime, os 10 diretores presentes decidiram intensificar os trabalhos em prol da GAJ 100%.

Segundo o coordenador de Formação e Relações Sindicais Beto Sampaio (STM), a focar na viabilização da GAJ 100% é a estratégia correta adota pelo sindicato, que deve ser intensificada. “O foco do Sindjus está correto neste sentido, tanto que hoje (27) eu já comecei um corpo a corpo com os servidores para conscientizar e mobilizar os colegas para essa luta que precisa da união de todos”, frisou Beto Sampaio.

Além de Beto Sampaio, os diretores Ana Paula Cusinato, Fátima Arantes, Jailton Assis, Cledo Vieira, Sheila Tinoco, Adelôr Alves, José Oliveira (Zezinho), Alex Sandro e Luiza Gallo participaram da reunião.

Presença na Câmara

Para concretizar essa conquista, os diretores compreendem que é importante focar no Congresso Nacional, acompanhando os trabalhos da Comissão Mista de Orçamento, da Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania e da Comissão de Finanças e Tributação.

Além da participação dos diretores, é fundamental que os delegados sindicais e os servidores também participem dessa mobilização. Nesta quarta-feira (28), os coordenadores vão acompanhar a reunião da CCJC, às 10h, no Plenário 01, visando à construção da emenda de remanejamento para viabilizar a GAJ 100%.

Além da pressão na Câmara, a diretoria decidiu que o Sindjus precisa insistir para que o STF aponte a fonte dos recursos necessários para que os servidores não recebam um centavo a menos do que foi proposto no fim de agosto. O sindicato, portanto, não vai recuar em sua posição de exigir o que foi prometido pelo Supremo.

Portanto, o sindicato, dando continuidade à linha de ação adotada, vai seguir a estratégia de promover uma articulação entre parlamentares e integrantes do STF no sentido de que a CMO e o Supremo se entendam no tocante ao nosso reajuste.




🔥42 Total de Visualizações