Sindjus se reúne com presidenta do TRT10 para discutir reivindicações dos servidores

Na tarde desta quarta-feira (6), o coordenador do Sindjus Cledo Vieira reuniu-se com a presidenta do TRT10, Elaine Machado, e com o diretor-geral Administrativo, Gilvan Ramos, para tratar dos problemas que têm prejudicado os servidores lotados no novo prédio das Varas Trabalhistas de Taguatinga.

Mantendo a tradição do tribunal, a presidenta recebeu o sindicato para conversar sobre os pontos apontados pelos servidores e informou que o prédio em questão passará por melhorias, ganhando, inclusive, um novo elevador. Além disso, serão instaladas câmeras nas Varas e um sistema de telefone das Varas para o subsolo.

Outra novidade importante é que está tudo certo para ser iniciada a questão da digitalização dos processos. Algumas dessas ações serão colocadas em prática ainda nesta semana e as outras começarão a ter o andamento necessário.

O Sindjus frisou o problema existente na demora dos processos deixarem o subsolo e chegarem aos balcões e a presidenta informou que essas ações tendem a minimizar e, até mesmo, acabar com esse transtorno que tem afligido servidores, advogados e cidadãos.

Horário para trabalho interno

Cledo também reivindicou, a pedido dos servidores, que é importante as Varas terem um determinado período pela manhã para realizar serviços internos, uma vez que, atualmente, o horário de atendimento ao público é das 9 às 18h. A presidenta, que já tinha ouvido tal sugestão dos diretores das Varas, afirmou que essa é uma decisão que cabe ao Pleno. Deste modo, prometeu levar um estudo sobre este caso para ser apreciado pelo Pleno.

Cruzeiro do Sul

Outro assunto debatido foi em relação ao Banco Cruzeiro do Sul, que desde que teve sua liquidação extrajudicial decretada pelo Banco Central, em setembro de 2012, servidores acumulam uma série de prejuízos. O DG informou que vai agendar uma reunião entre a Caixa Econômica Federal e o Cruzeiro do Sul no próprio TRT para tentar resolver esse impasse. O sindicato pediu para participar da reunião com objetivo de defender o interesse dos servidores e teve seu pedido prontamente atendido.

Acompanhamento

“A reunião foi bastante proveitosa, no sentido de que todos os pontos expostos tiveram resposta por parte da presidenta ou do diretor-geral. No TRT-10 sempre resolvemos nossos problemas com diálogo, e desta vez não será diferente. Esperamos que todas as ações colocadas sejam executadas o mais rápido possível. O Sindjus vai continuar acompanhando de perto todas essas reivindicações”, exclamou Cledo Vieira.

🔥13 Total de Visualizações