TRF mexe na tabela do Pro-Social e Sindjus convoca assembleia

Mais uma vez, a administração do TRF surpreende os servidores com proposta de alteração do Pro-Social. Sem debate prévio com os beneficiários do plano de saúde nem qualquer contato com o sindicato, o tribunal discutirá nova tabela, que imporá maior impacto financeiro aos servidores.

A proposta, elaborada pela SECBE, foi apresentada ao Conselho Deliberativo neste mês e deverá ser objeto de análise da reunião do Conselho no dia 2 de dezembro.

Apesar de não ter sido oficialmente comunicado pelo tribunal, que havia se comprometido a fazer contato com o sindicato assim que elaborasse a nova proposta, tivemos acesso a algumas informações que preocupam muito o Sindjus e principalmente os usuários do Pro-Social, como a contribuição por faixa salarial (veja a tabela).

Deste modo, já no início da próxima semana, o Sindjus realizará assembleia com os servidores do TRF e da JF, com a presença de um advogado que está por dentro do caso, para discutir o que pode ser feito para superar este impasse, que tem trazido uma série de prejuízos aos servidores. Mais do que nunca é preciso se unir e se mobilizar para dar um basta nesses abusos.

O que mais indigna os servidores do TRF e da Justiça Federal é que a principal demanda ainda não foi atendida. Nada de transparência. Nada de prestação de contas. Nada de a administração disponibilizar ao sindicato as informações contábeis do Pro-Social. Assim, que segurança os servidores podem ter na administração de seu patrimônio?

00 a 18 anos

 111,64

19 a 23 anos

184,25

24 a 28 anos

300,38

29 a 33 anos

222,54

34 a 38 anos

266,31

39 a 43 anos

279,69

44 a 48 anos

287,20

49 a 53 anos

407,56

54 a 58 anos

407,68

+ 59 anos

706,03

Na nova proposta, a coparticipação dos beneficiários passa a ser aplicada em todas as despesas, incluindo internações e até UTI.

🔥18 Total de Visualizações