Sindjus realiza blitz nas auditorias da Justiça Militar

Os coordenadores do Sindjus Beto Sampaio, Sheila Tinoco e José Oliveira (Zezinho) realizaram, na tarde desta segunda-feira (28), blitz nas auditorias da Justiça Militar que funcionam em Brasília (1ª e 2ª da 11º Circunscrição Judiciária Militar (CJM); de Correição da Justiça Militar) envolvendo os servidores no clima da greve por tempo indeterminado pelo reajuste para todos que começa no próximo dia 6.

Para Beto Sampaio, o corpo a corpo com os servidores foi muito importante, uma vez que várias dúvidas foram sanadas a respeito da greve. Os coordenadores esclareceram que a greve é um direito constitucional e que todos podem participar, inclusive quem está em estágio probatório.

Os servidores ficaram animados e se prontificaram a participar da greve e também contagiar os colegas que não estavam presentes em razão do período de férias. Beto lembrou também aos colegas que a presidenta do STM, ministra Maria Elizabeth, na última reunião com o Sindjus, havia se comprometido a procurar os ministros Lewandowski e Toffoli para conversar sobre a importância de todos se unirem para concretizar esse reajuste.

Na próxima semana será realizada uma blitz no STM.

🔥17 Total de Visualizações