Diante da força da nossa greve, OAB-DF pede suspensão dos prazos

A greve dos servidores do Judiciário e do MPU tem se fortalecido a cada novo dia com a multiplicação de adesões e o crescimento da repercussão e já incomodado muita gente. Inclusive, a OAB-DF já solicitou a suspensão dos prazos processuais no TJDFT, TRT10 e TRF1 até o fim da greve. Contudo, em nota publicada em seu site (veja AQUI) a Seccional faz uma interpretação que não leva em conta a causa do nosso movimento, mas as consequências do mesmo dizendo que os advogados estão tendo seus direitos violados.

Como sempre esclarecido pelo Sindjus a greve foi a saída encontrada por uma categoria que há oito anos perde para inflação para forçar uma negociação entre os Poderes da República no tocante à construção da recomposição salarial. Foi, inclusive, feita uma carta à população pedindo apoio e compreensão nesse momento de luta. Solicitamos a solidariedade da OAB-DF, que tem sua trajetória marcada por um viés de luta social, nessa jornada em defesa do direito de greve dos servidores.

🔥6 Total de Visualizações