Marcha é um sucesso, pressão aumenta e Sindjus será recebido por Lewandowski nesta quinta

Mais de mil servidores do Judiciário e do MPU, demonstrando a força da nossa greve, fizeram, na tarde desta quarta-feira (20), muito barulho em frente à Procuradoria-Geral da República, cobrando o empenho do PGR, Rodrigo Janot, na negociação do reajuste junto à presidenta Dilma Rousseff. Diversos servidores da PGR atenderam ao chamado dos colegas e desceram para se juntar ao movimento que interditou a via que leva até o Supremo Tribunal Federal em uma marcha com muitas bandeiras, buzinas, apitos e faixas.

Chegando à Praça dos Três Poderes, os servidores se concentraram em frente ao STF, também fazendo muito barulho. Enquanto isso, os coordenadores do Sindjus Jailton Assis e Cledo Vieira eram recebidos pelo diretor-geral do Supremo Amarildo Oliveira. Com muita garra e deixando bem claro que a categoria tem fôlego de sobra para brigar por esse reajuste, os servidores fizeram uma passeata pela extensão da fachada do STF chamando ainda mais atenção.

Reunião com Lewandowski

A pressão da greve, que aumenta dia a dia nos locais de trabalho, concentrada no ato desta quarta-feira, reforçou os pedidos de audiência com o presidente do STF encaminhados pelo Sindjus resultando no fato de que o ministro Lewandowski receberá o Sindjus desta quinta-feira (21). É a oportunidade de o sindicato levar até o presidente do Supremo a reinvindicação de uma categoria que tem abraçado a greve: é preciso que o STF e a PGR negociem com a presidenta Dilma e exijam respeito à autonomia do Judiciário e do MPU.

Ato no Ministério do Planejamento

O Sindjus reforça a importância do comparecimento em massa dos grevistas ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (Bloco K) nesta quinta-feira (21), para participar do ato que começa às 15h, no intuito de cobrar da ministra Miriam Belchior que o orçamento do Judiciário e do MPU siga sem cortes até o Congresso Nacional. As propostas orçamentárias estão justamente no Ministério do Planejamento e por isso o ato é tão importante. Neste ato, os servidores receberão os informes da reunião com Lewandowski. Desde cedo, é necessário reforçar os piquetes de convencimento e arrastar o máximo de servidores possível ao Ministério do Planejamento.

🔥8 Total de Visualizações