Questões da greve e viabilização dos novos PLs movimentam agenda do Sindjus

amlodipine

amlodipin teva bivirkninger click

Desde a suspensão da greve, a diretoria do Sindjus tem se empenhado visitando órgãos do Judiciário e do MPU com objetivo de negociar os dias não trabalhados durante a greve. O sindicato insiste na defesa da compensação de serviço como melhor alternativa para todas as partes envolvidas, embasado no histórico de sucesso dessa forma de reposição.

A diretoria também tem se dedicado a atender casos de conflito trazidos pelos servidores, vítimas de ameaça, constrangimento, retaliações e outras derivações de assédio cometidas durante o período de greve.

Além disso, nesta quinta-feira (18), encerra-se, na PRT, a rodada de assembleias setoriais do MPU que teve início no dia 8, visando debater o PL 7919/14, que além de versar sobre o reajuste salarial da categoria traz uma série de mudanças prejudiciais à carreira, incluindo terceirização e abertura de gratificações a requisitados/sem vínculo.

Cumprida essa rodada de assembleias setoriais do MPU, os coordenadores vão visitar os locais de trabalho do Judiciário do dia 18 de setembro ao dia 8 de outubro, esclarecendo os servidores sobre tudo o que envolve o PL 7920/14 e mantendo acesa a chama da mobilização, pois, conforme aprovado pela assembleia-geral do último dia 12, a greve foi suspensa, mas a pressão pela viabilização do reajuste permanece.

Acompanhe em nosso site o dia a dia dessas visitas, mantendo-se mobilizado! Qualquer dúvida ou sugestão, ligue para 3212-2613.

🔥10 Total de Visualizações