Correio Braziliense: Judiciário e MPU paralisam atividades

Nesta quarta (15), os servidores do Poder Judiciário e do MPU, em busca de recomposição salarial, fazem uma paralisação de 24 horas. Participam, a partir das 15h, na Praça dos Três Poderes, do Ato “Negocia Dilma”, para pressionar o Executivo e negociar com o Judiciário/MPU pela aprovação dos Pls 7919 e 7920/14, que tratam, respectivamente, dos reajustes dos servidores do MPU e do Judiciário.

Segundo informou o sindicato da categoría (Sindjus), o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, na última reunião com o Sindjus (8/10), garantiu que as negociações com o Executivo foram abertas, mas até o momento não há nada assegurado.

Atendendo a sugestão dos servidores, o Sindjus oferecerá lanche durante o ato “Negocia Dilma” desta quarta-feira (15). Em dias de mobilizações, muitos servidores acabam ficando com a alimentação prejudicada em razão da rotina atípica. Inclusive, chegando à Praça dos Três Poderes os servidores não podem contar com lanchonete ou qualquer outro local que possam se alimentar. Dessa forma, em dias de ato, o sindicato vai oferecer lanches comunitários para permitir que os servidores mantenham suas forças pra lutar pelo reajuste.

Nesta quarta, o cardápio é espetinho de linguiça. Uma espécie de churrasco que contribui para dar o recado ao Palácio do Planalto no que diz respeito a necessidade de acelerar a negociação pelo reajuste. O mote do evento é: “Dilma, deixe de encher linguiça. Negocia com a Justiça”.

🔥11 Total de Visualizações