Correio Braziliense: Servidores do Judiciário e do MPU – Ato às 15h por Reajuste Salarial

O Sindicato da categoria (Sindjus-DF) pressiona o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, e o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, para que cumpram suas promessas e não aceitem qualquer redução da tabela salarial. Os servidores querem que o reajuste deles seja aprovado juntamente com o dos magistrados e dos membros do MPU.

Para tal, informou o Sindjus, o presidente do STF precisa convencer a presidente Dilma Rousseff de que os recursos humanos do Judiciário estão sucateados, exigindo a recomposição salarial, para que tenham condições de cumprir as metas do CNJ. E o PGR também precisa reforçar esse discurso, pois o quadro do MPU sofre com a desvalorização.


Requerimento de urgência

O Sindjus já protocolou o Requerimento de Urgência ao PL 7920 na Câmara dos Deputados, de modo que assim que o momento for estratégico, trabalhe sua aprovação no Colégio de Líderes para que o projeto de lei possa ser apreciado diretamente pelo Plenário.

O requerimento de urgência é uma forma de garantir a aceleração da tramitação caso haja a votação do subsídio dos magistrados na CFT ou que ele seja levado diretamente ao Plenário.

🔥12 Total de Visualizações