Sindjus trabalha aprovação do reajuste no Congresso Nacional

Os coordenadores do Sindjus estão no Congresso Nacional buscando informações junto aos parlamentares e trabalhando a aprovação dos PLs 7919 e 7920 de forma conjunta com os PLs 7917 e 7918, garantindo a cola entre o reajuste dos servidores e dos magistrados/membros do MPU.

Na avaliação dos coordenadores, a votação do reajuste tem que acontecer no Plenário da Câmara, de modo que os requerimentos de urgência urgentíssima precisam ser lidos pelo presidente da Casa, deputado Henrique Eduardo Alves para que possam ser votados.
O Sindjus reitera que a aprovação do reajuste dos magistrados/membros do MPU é dada como certa no meio parlamentar. E ainda não há qualquer informação que seja sobre o acordo entre Executivo e Judiciário/MPU.

Em contato com o diretor-geral do STF, Amarildo Oliveira, o Sindjus confirmou que o STF segue em contato com o Palácio do Planalto. Na liderança do governo na Câmara a informação é que ainda não há sinal verde para a votação dos projetos do Judiciário e MPU, nem para magistrados/membros nem para os servidores.

Como o acesso à Câmara está bastante complicado e não há definição sobre quando se dará a sessão que votará o reajuste dos magistrados/membros do MPU, o Sindjus ainda não convoca os servidores. No entanto, os coordenadores pedem para que todos fiquem de sobreaviso, pois qualquer novidade será informada por meio de nosso site.

🔥18 Total de Visualizações