PMDB afirma que se acordo não for fechado PLC 28 será aprovado como está

Nesta terça-feira, os líderes do PMDB, Senadores Eunício de Oliveira, Valdir Raupp e Romero Jucá afirmaram a dirigentes sindicais, inclusive ao coordenador do Sindjus Eldo Luiz, que o PLC 28/15 será tema de uma reunião que acontecerá na manhã desta quarta-feira (10/6) com a presença dos líderes em questão, do vice-presidente da República, Michel Temer, e a equipe econômica do governo.

O compromisso dos três senadores peemedebistas a ser defendida na reunião é a seguinte: ou fecha-se um acordo politico ou o projeto vai a votação e será aprovado como está, com o apoio do partido. No entanto, é importante ressaltar que isso não indica que o projeto irá a votação nesta quarta (10/6). Ainda durante a conversa, Jucá reiterou que é possível incluir uma suplementação orçamentária ao PLC 28 ainda em 2015.

Informaram ainda que outras reuniões já ocorreram e que o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, foi orientado a procurar urgentemente o presidente do STF para buscar um entendimento entre os poderes sobre o projeto.

PLC 41/15

O secretário-geral da PGR, Lauro Cardoso, participou da reunião, uma vez que o senador Valdir Raupp é o relator do PLC 41/15. Raupp afirmou que o projeto deverá ser aprovado nesta quarta (10/6) na CCJ e se prontificou a envidar todos os esforços junto as lideranças para que seja apreciado no plenário o requerimento de urgência e desta forma o projeto tramite em conjunto com o PLC 28/15.

Importante

É importante ressaltar que estas expectativas podem não se concretizar, por isso precisamos continuar pressionando. Todos ao ato no Senado amanha, a partir das 13h30, com concentração no gramado em frente ao Congresso (Alameda dos Estados) para realizar um grande ato pela aprovação do nosso reajuste.

🔥8 Total de Visualizações